phone (27) 2125-7626
menu
BR 262: GRUPO ESTÁ TENTANDO ACELERAR EVENTOS TESTE
BR 262: GRUPO ESTÁ TENTANDO ACELERAR EVENTOS TESTE

Postado em: 25/10/2021

Fonte: Assessoria de Imprensa Transcares - Anna Carolina Passos

As dificuldades no tráfego da BR 262 aos domingos e finais de feriados voltaram a ser discutidas numa terceira reunião entre Fetransportes, Transcares, Fecomércio e o setor produtivo capixaba com a superintendência da PRF nesta quinta-feira, 21 de outubro, no Transcares. E do encontro foram definidos os novos passos do grupo, que continuam apostando na ideia da inversão de pista, feita por meio de coneamento, aos domingos, das 13 às 19 horas, sem quaisquer outras restrições  de tráfego. Nesta sexta, 22, os prefeitos de Viana e Domingos Martins, Wanderson Bueno e Wanzete Kruger, respectivamente, se reúnem para discutir detalhes do projeto; também ficou definido um contato do presidente da Fecomércio, José Lino Sepulcri, com os prefeitos de Vitória, Lorenzo Pazolini, e de Vila Velha, Arnaldinho Pasolini, que já utilizam o serviço de coneamento em suas cidades para ver a possibilidade deles ajudarem em dois eventos testes nas próximas semanas; e enquanto isso, o superintendente da PRF-ES, Amarílio Boni, prossegue nos alinhamentos com sua equipe, que ficará responsável pela orientação e acompanhamento dos motoristas no trecho e estudos de casos após cada teste.


O encontro da semana reuniu basicamente o mesmo grupo que estava presente no Transcares na quinta, 6 de outubro, além de Boni, Kruger e o vice-prefeito de Viana, Fábio Luiz Dias. E mais uma vez, todos aprovaram a sugestão da inversão dos sete quilômetros de pista, entre a Pousada Vista Linda e o Rio Jucu, como forma de mitigar o problema, vez que somente a duplicação dará a reposta mais positiva.


Apesar da não restrição de veículos ter sido confirmada, representantes de empresas presentes à reunião, como Suzano e ArcellorMittal, se mostraram sensíveis a um pedido da PRF-ES para que tentassem antecipar ou atrasar um pouco suas operações com combinações de veículos de grande porte, evitando, assim, mais impactos no fluxo da via.


Ajuda


Ainda não há uma data confirmada para os eventos teste acontecerem na BR 262. Contudo, a ideia de ver se Vitória e Vila Velha podem ajudar com o empréstimo de cones seria justamente para dar celeridade ao processo teste. A sugestão foi dada pelo gerente comercial do Sesc Marcelo Bethonico. “Se conseguirmos que alguma prefeitura nos empreste os cones para fazermos um ou dois testes, ganharemos tempo e ainda teremos uma ideia melhor de quantidade a ser comprada e correções que podem ser feitas. Seremos mais assertivos”, argumentou.


Outra definição saída do encontro foi a possibilidade de um segundo trecho a ser coneado num segundo momento: os quatro quilômetros compreendidos entre Biquinha e a entrada de Formate, em Viana. Segundo Amarílio Boni, tudo vai depender do fluxo. Caso o trânsito fique travado, eles repetem a operação.


Diretor-financeiro do Transcares e representante do presidente, Marcos Furtunato, Luiz Alberto Teixeira está acompanhando de perto o desenrolar da solução e vê com bons olhos essa construção a várias mãos.


“Temos total consciência que o que estamos fazendo é um paliativo e torcendo muito que dê certo. A solução mesmo só virá com a duplicação da BR 262, mas também não dá pra ficar de braços cruzados. Juntos, estamos conseguindo chegar a  uma maneira de manter o desenvolvimento da região e, o mais importante, salvar vidas!”